terça-feira, 11 de agosto de 2015

A árvore da vida

O post de hoje é sobre um filme que eu achei super sensível que muitas vezes te da raiva, mas acho que vale a pena assistir, os primeiros 10 minutos do filme confesso que é bem monótono, mas ele conta a historia de um casal que tiveram 3 filhos, na época que eles estavam a cabeça das pessoas eram muito diferente do que é hoje em dia ou seja os filhos desse casal foram criadas de maneira muito rígida eles não tinham liberdade de nada, e o que eles tinham pelo pai deles eram medo e não respeito, muitas coisas que o pai dele faz durante o filme são absurdas e de fato você sente raiva, porém o filho mais velho sempre se desentendeu com o pai ele sempre desafiou o pai dele causando muitas brigas. Outro ponto que mostra é como a mulher era submissa a ele que naquela época era uma realidade infelizmente a mulher não tinha tanta voz. Voltando aos conflitos que o filho mais velho tinha com o pai isso acontecia também porque ele se enxergava no pai dele e de certa forma isso lhe causava revolta, não vou dar spoilers do que acontece mas no final do filme quando ele está adulto sente culpa por algumas coisas que aconteceram. E nesse filme tem momentos que mostra muito espiritualidade que até chega a abordar o assunto da vida após a morte. É um filme que mexe com a cabeça e que faz a gente pensar em muitos pontos da nossa vida. Recomendo muito esse filme. Até porque no elenco tem o Brad Pitt que faz o pai e nesse filme não tem como gostar dele de verdade.




Espero que vocês tenham gostado me falem nos comentários o que acharam sobre esse filme, e por favor deixem sugestões de filmes.




   Facebook: Luana Freitas